Mercado

O açougueiro que virou vegano

O açougueiro que virou vegano

Brian Kavanagh trabalhou na indústria de carne por 15 anos antes de tomar a decisão de não consumir mais o produto.

 

Depois de 15 anos trabalhando na indústria da carne, o açougueiro Brian Kavanagh percebeu que estava escondendo um segredo. Ele tinha passado boa parte de sua vida adulta cortando, aparando e dando forma a pedaços de carne aos montes, sem hesitar – uma carreira que começou quando ele tinha apenas 16 anos, em um pequeno açougue familiar na Escócia.

Aos 33, trabalhando no balcão de carnes do supermercado Morrisons, Brian não conseguia encontrar palavras para dizer aos colegas que ele havia se tornado vegano.

"Não contei para ninguém porque fiquei com medo que eles fizessem piadas. Antes eu só olhava (para os produtos) como pedaços de carne indo para a mesa do jantar. Mas depois você vê um animal, não apenas um bife”, disse.

Brian conta que procurou o emprego como açougueiro, aos 16 anos, apenas para seu pai parar de cobrá-lo em relação a trabalho. Mas, ele começou a cogitar abrir mão de produtos animais quando sua esposa Rebecca se tornou vegana. Agora, Brian, sua mulher e seus filhos, de nove e 12 anos, mantêm uma dieta baseada apenas em vegetais.

Brian, que hoje tem 36 anos, pediu demissão no açougue e acabou sendo contratado para a loja vegana Sgaia's Vegan Meats, em Glasgow, criada por Hilary Masin and Alberto Casotto. Hoje, ele se autodenomina um açougueiro vegano.

 

Fonte: Primeira Página com informações do site G1.

Redes Sociais