Mercado

Lojistas da Nova Zelândia retiram embalagens de plástico dos hortifrutis e mercearias

Lojistas da Nova Zelândia retiram embalagens de plástico dos hortifrutis e mercearias

Os produtores de alimentos assinaram uma declaração para tornar todas as embalagens e rótulos dos mercados e mercearias em 100% reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025.

 

Food in the Nude” (“Comida Nua”, em tradução livre) é uma campanha da Nova Zelândia que visa acabar com as embalagens de plástico para produtos frescos nos supermercados. Os produtores de alimentos assinaram a Declaração de Embalagens Plásticas da Nova Zelândia, que se empenha em tornar todas as embalagens e rótulos dos mercados e mercearias em 100% reutilizáveis, recicláveis ​​ou compostáveis ​​até 2025.

O tradicional jornal neozelandês NZ Herald relatou que as vendas de hortaliças subiram 300% após o anúncio de que vários supermercados da Nova Zelândia abandonaram o uso do plástico.

Uma liga de supermercados também abandonou o uso de invólucros de plástico para praticamente todas as suas frutas e legumes em um projeto chamado “Comida Nua”. Também se introduziu nos estabelecimentos as bandejas de alimentos recicláveis, uma medida que oferece aos clientes a oportunidade de eliminar mais de 80 milhões de bandejas que iriam parar nos aterros a cada ano.

A iniciativa faz parte da chamada “guerra contra o plástico”. Na Nova Zelândia, os dias de sacolas plásticas de uso único estão contados. O governo aprovou recentemente uma nova regulamentação que proíbe a disponibilização de sacolas plásticos no setor varejista.

 

Fonte: Primeira Página, com informações do site Razões para Acreditar.

Redes Sociais