Mercado

7 tipos de mel e seus benefícios

Cada tipo de mel possui uma propriedade medicinal que ajuda o corpo a funcionar melhor.

 

O mel é uma das melhores opções para adoçar os alimentos de maneira natural, além de possuir muitos benefícios para a saúde. Conheça 7 tipos:

  1. Mel de laranjeira

Produzido na região Sudeste - nos estados de Minas e São Paulo -, ele tem uma cor clara, aroma suave e o sabor com um leve toque cítrico. Pode ser um bom aliado de quem tem dificuldades para dormir por ajudar a combater a insônia, além de também melhorar o funcionamento do intestino.

 

  1. Mel de eucalipto

Um dos tipos mais populares, é muito usado para aliviar dor de garganta, sinusite e resfriados por conta de sua ação expectorante. É produzido nas regiões Sul e Sudeste, e apresenta uma coloração mais escura e tem um sabor bem forte e refrescante.

  1. Mel de uruçu

A região Nordeste é a responsável pela produção desse mel de tom amarelado e sabor puxado para o própolis. É feito por abelhas brasileiras sem ferrão - e o seu nome vem justamente daí, já que "uruçu", do em tupi "eiru su", significa "abelha grande". Ele se destaca por suas funções medicinais e por ter bastante água.

  1. Mel de borá

Ele se diferencia por ter um sabor puxado para o salgado e ser levemente ácido. Por isso, é muito usado para acompanhar queijos, peixes e outros pratos mais elaborados. Sua produção é feita no Sudeste brasileiro.

  1. Mel de cipó-uva

Muito usado na medicina popular, ajuda a aliviar cólicas intestinais, dores nos rins, atua como um desintoxicante natural e ainda faz com que o organismo retenha magnésio. Ele tem coloração âmbar clara e sabor adocicado.

  1. Mel jataí

É produzido em todo o Brasil e tem cor clara e sabor levemente ácido. Ele é ótimo para amenizar os sintomas de gripes por ter ação descongestionante, além de ser um aliado para aumentar a imunidade do organismo.

  1. Mel de caju

Feito a partir do suco da fruta, é muito utilizado como remédio para anemia. O motivo está no fato de ele concentrar seis vezes mais vitamina C que o próprio fruto - nutriente indispensável para resolver o problema por ajudar na absorção de ferro pelo organismo.

 

Leia também:  Cooperativas da Agricultura Familiar criam rede de Cooperação Nacional

 

Leia também: Indústria corre atrás do público que prefere comida orgânica

 

Fonte: Primeira Página com informações do site Conquiste Sua Vida.

Redes Sociais