Mercado

Mexicana cria plástico biodegradável feito de cacto

A invenção substitui as sacolas plásticas e é feita com o suco de nopal, cacto típico do país.

 

Como um cacto pode revolucionar a indústria? A cientista mexicana Sandra Pascoe desenvolveu um plástico biodegradável feito do suco de nopal, cacto típico de seu país e símbolo nacional, uma alternativa para reduzir a poluição e preservar o meio ambiente.

"Eu removo os espinhos, coloco a polpa sob uma prensa e obtenho o suco para usar como matéria-prima", disse a pesquisadora da Universidade Atemajac Valley, em Guadalajara. Esta substância é então misturada com aditivos não tóxicos para obter o plástico.

Em setembro de 2018, o Congresso de Jalisco (estado mexicano) aprovou uma lei que proíbe as empresas de usarem sacolas plásticas de uso único que não sejam biodegradáveis, bem como outros produtos como canudos ou itens descartáveis. A lei começará a ser aplicada em janeiro de 2020.

 

Leia Mais: 5 restaurantes vegetarianos para conhecer no Rio de Janeiro

Leia Mais: 5 influenciadores que oferecem dicas de veganismo

 

Fonte: Primeira Página com informações do site O Globo.

Redes Sociais