Notícias


Publicado em:
11
12/2018

Pesquisa indica água de coco para suplementação

Cientistas buscam produtos de alta tecnologia a um preço baixo para consumidores. Projeto se divide na criação de um suplemento energético em gel e uma barra de proteína.



Metatags: Naturaltech, Suplemento, Água de Coco, Proteína, Napex, UnP, Metabolismo, Atletas
Divulgação

A água de coco está sendo fruto de um estudo de pesquisadores potiguares na área de suplementação para atletas por ser rica em nutrientes e possuir um maior tempo de conservação. A substância é um repositor hidroeletrolítico eficaz e barato, e foi trabalhado na forma desidratada, ou seja, em pó, para fazer os suplementos.

O projeto se divide na criação de um suplemento energético em gel e uma barra de proteína. Cada um foi estudado para uma modalidade esportiva específica e o objetivo é fazer produtos de alta tecnologia com um preço baixo para os consumidores.

O trabalho é feito por professores e alunos do Curso de Educação Física da Universidade Potiguar, da rede Laureate, uma parceria realizada na UFRN por meio da Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio). Através do Núcleo de Avaliação e Prescrição do Exercício (Napex), alunos do Curso de Educação Física da UnP também contribuíram para o desenvolvimento do estudo.

Desenvolvido Prof. Thiago Renne Filipe, o gel é destinado para atletas de atividades aeróbicas de longa duração. O Prof. Nailton Albuquerque Filho comandou a pesquisa da barra de proteína voltado para atletas de musculação.

Fonte: Primeira Página com informações do jornal Tribuna do Norte.


Últimas notícias

PMEs brasileiras estão de olho na indústria 4.0

Pesquisa aponta que 38% das pequenas e médias empresas enxergam nas tecnologias o caminho para melhores produtos e serviços.
Leia Mais

Aumenta a previsão de crescimento da economia em 2019

Dados estão no Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central.
Leia Mais

Um engano chamado light

Nutricionista Cláudia Viegas analisou duas gamas de batata frita: as normais e as na versão light.
Leia Mais