Notícias


Publicado em:
5
12/2018

Carrefour cria área exclusiva para alimentos saudáveis

Nova seção reúne produtos orgânicos, integrais, sem antibiótico e itens para dietas restritivas, como sem glúten e lactose.



Metatags: Bio Brazil Fair, Naturaltech, Orgânicos, Carrefour, Alimentos Saudáveis, Integral
E-commerce Carrefour

O Carrefour implementou um projeto inédito que unifica e amplia o sortimento de produtos considerados saudáveis em suas unidades, com o intuito de facilitar a escolha do cliente que demanda cada vez mais esse tipo de alimento.
 
A seção “Saudáveis” reúne categorias como orgânicos, integrais, sem antibiótico e produtos para dietas restritivas, como sem glúten e lactose. Além disso, o espaço oferece itens de mercearia, refrigerados e congelados.
 
Os alimentos orgânicos ganham destaque no ponto de venda com nova comunicação visual e mobiliário próprio – ilhas exclusivas na área de mercado. O sortimento médio de produtos saudáveis foi ampliado em mais de 300 itens e deve continuar em expansão. No total, já conta com 1.700 itens, sendo 650 orgânicos.
 
Em linha com o plano global Carrefour 2022, a companhia espera atingir 5 bilhões de euros em vendas de produtos orgânicos nos próximos cinco anos e planejar implantar o novo conceito em 50 dos seus mais de 100 hipermercados em operação no Brasil. No e-commerce da rede, os produtos também ganharam destaque e estão separados por categoria, o que facilita sua localização sem a necessidade de busca manual.
 
Leia também: Hortifruti e Natural da Terra anunciam fusão para expandir orgânicos

Fonte: Primeira Página com informações do site Newtrade


Últimas notícias

Cinco dicas do Sebrae para quem quer abrir um e-commerce

Plano de negócio é o primeiro passo para os interessados.
Leia Mais

Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito apontam que mais de 110 milhões de consumidores devem ir às compras e investir, em média, R$ 116 por produto.
Leia Mais

Uso de cosméticos por meninas antecipa a puberdade

A informação é do estudo da Universidade da Califórnia, EUA. O uso frequente desses produtos afeta os hormônios do crescimento e adiantam a puberdade de meninas na faixa dos nove anos.
Leia Mais