Notícias


Publicado em:
25
9/2018

Norte-americanos aumentam consumo de carne e leite de origem vegetal

Iogurtes, queijos e sorvetes não lácteos também estão em expansão nos Estados Unidos, com crescimentos de 40%.



Metatags: Leite vegetal, Estados Unidos, Carne vegetal, Alimentação Saudável, Proteína Vegetal

A venda de substitutos para todos os tipos de produtos de origem animal nos Estados Unidos está em alta, e atualmente compreende um mercado de US$ 3,7 bilhões, segundo dados da Nielsen. A pesquisa foi encomendada pelo The Good Food Institute, que representa a indústria de alimentos de origem vegetal.

Por exemplo, as vendas da carne de origem vegetal cresceram 23% por cento no período de um ano (agosto 2017-2018), e atingiram US$ 684 milhões.

A pesquisa mostrou também que cerca de um oitavo de todo o leite comprado nos Estados Unidos não provém de origem animal, e sim de vegetais. Os iogurtes, queijos e sorvetes não lácteos estão em expansão, com crescimentos de 40%. Em comparação, as vendas de alimentos no varejo em geral estão crescendo a um ritmo de 2%.

Apesar do crescimento, as proteínas alternativas ainda são um mercado muito menor que o de carnes vermelhas e de aves, que soma US$ 49 bilhões. Cerca de 95% dos americanos comem carne, proporção inalterada há décadas, disse Eric Mittenthal, porta-voz do Instituto Norte-Americano da Carne.

Fonte: Primeira Página, com nota da Bloomberg


Últimas notícias

Cinco dicas do Sebrae para quem quer abrir um e-commerce

Plano de negócio é o primeiro passo para os interessados.
Leia Mais

Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito apontam que mais de 110 milhões de consumidores devem ir às compras e investir, em média, R$ 116 por produto.
Leia Mais

Uso de cosméticos por meninas antecipa a puberdade

A informação é do estudo da Universidade da Califórnia, EUA. O uso frequente desses produtos afeta os hormônios do crescimento e adiantam a puberdade de meninas na faixa dos nove anos.
Leia Mais