NewsletterInstagram Facebook

Publicado em:
30
11/2017

O poder das oleaginosas para a saúde

Confira algumas dicas de especialistas de como inseri-las na alimentação corretamente.

Muitas receitas típicas de Natal costumam levar castanhas, nozes, amendoim, amêndoas, macadâmia, entre outras oleaginosas. Elas podem ser consumidas como aperitivo ou como ingrediente de um prato. Que elas são deliciosas todo mundo já sabe. Mas, e os seus benefícios, você conhece? Confira algumas dicas de especialistas de como acrescentá-las na alimentação corretamente.

1. Prefira a versão in natura, sem sal, devido ao teor reduzido de sódio.

2. Elas podem compor um lanche entre as principais refeições.

3. A castanha-do-pará, nozes, castanha de caju e as amêndoas são fontes de gorduras boas, as monoinsaturadas e as poli-insaturadas, que protegem o coração e tem um efeito anti-inflamatório.

4. Esses alimentos não devem ser consumidos em excesso, já que são ricos em gorduras e podem aumentar o peso corporal. No caso da castanha-do-pará, por exemplo, a ingestão por dia não deve ultrapassar 4 unidades, devido à alta concentração de selênio, podendo causar problemas de saúde.

5. A recomendação é consumir uma porção diária de oleaginosas. A quantidade varia de acordo com o tipo: nozes (4 unidades), castanha-do-pará (2), castanha de caju (4), amêndoas (4), macadâmia (4).

6. As oleaginosas são ricas em ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, gorduras importantes que não atuam na elevação do colesterol ruim, LDL, e contribuem para a melhora dos níveis circulantes do colesterol bom, HDL. Além disso, a substância também tem um efeito anti-inflamatório que pode evitar problemas cerebrais degenerativos, entre outros.

7. Nutrientes como selênio, vitamina E e zinco, presentes nas oleaginosas, também possuem ação antioxidante. Eles são importantes porque combatem os radicais livres, responsáveis pelo estresse oxidativo do organismo, contribuindo para a prevenção de algumas doenças e do envelhecimento precoce. As oleaginosas também possuem fibras e proteínas.

8. As oleaginosas são versáteis e podem ser combinadas com diferentes alimentos, como cereais, frutas e lacticínios, na salada e em pratos quentes, como frango xadrez que leva castanha de caju ou amendoim, arroz com amêndoas e massas recheadas com nozes, além de pães e bolos.

Fonte: Primeira Página, com Minha Vida