NewsletterInstagramTwitter Facebook

Publicado em:
27
10/2017

O poder e benefícios das farinhas saudáveis

Adotar em receitas do dia a dia farinha de coco, berinjela e abóbora faz bem para o organismo e ajuda a emagrecer

Apesar de mais comum, a farinha de trigo branca nem sempre é a melhor para o corpo. Além das opções tradicionais integrais, há outras farinhas que trazem incríveis benefícios e podem ser aliadas ao emagrecimento se consumidas em conjunto com uma dieta equilibrada.

A farinha de coco é extraída da polpa do coco fresco e, por isso, consegue preservar todos os benefícios que a fruta pode oferecer. Tem baixo teor de carboidratos e é basicamente composta por fibras e pela gordura do coco. Com essas características nutricionais, tem como propriedades o aumento do metabolismo, o aumento da saciedade e a melhora da função intestinal.

O produto pode ser usado no preparo de pães, bolos, tortas e panquecas. E o grande benefício nestas preparações é a redução de carboidratos. Além disso, pode ser usada em substituição à farinha de rosca em empanados ou até mesmo para enriquecer iogurtes e/ou frutas. Para isso, basta adicionar uma colher de chá da farinha na fruta picada ou no iogurte.

A farinha de abóbora é obtida das sementes deste vegetal. É rica em ácidos graxos mono e polisaturados (gorduras boas), possui um alto teor de fibras, é rica em proteínas, em minerais como zinco, potássio, magnésio, manganês e selênio, além de ser fonte de vitaminas do complexo B e vitamina A.

Tem propriedades anti-inflamatórias em função da presença de curcubitacina e por ser fonte de gorduras boas, de fitoesteróis e fibras, é um excelente coadjuvante no controle do colesterol e triglicerídeos sanguíneos. Por ser rica em magnésio e triptofano, também pode ser uma alternativa para melhorar a qualidade do sono.
A farinha de abóbora pode ser usada para enriquecer o preparo de pães, tortas, bolos e sopas. Também pode ser acrescentada em sucos e leites enriquecidos com fruta. Para a obtenção dos benefícios citados, o consumo de três colheres de chá por dia já é o suficiente.

A de berinjela contém um alto teor de fibras, o que está associado ao aumento da saciedade e ao auxílio da redução da circunferência abdominal. Além do alto teor de fibras, é rica em ferro, cálcio, vitaminas do complexo B e vitamina A. É pobre em carboidratos, o que auxilia no tratamento do Diabetes Mellitus Tipo 2 pela redução do índice glicêmico dos alimentos. Além disso é fonte de antioxidantes, o que ajuda na prevenção do câncer.

Ela pode ser usada para enriquecer receitas como massas, tortas, bolos, panquecas e sucos. Também é encontrada na forma de cápsulas. Neste caso é recomendada a sua ingestão cerca de 30 minutos antes da refeição para a redução do apetite. Por ser uma rica fonte de fibras, é fundamental que haja o aumento de consumo de água ao longo do dia para que seus benefícios sejam alcançados.

Fonte: Primeira Página